quarta-feira, 18 de julho de 2012

ARQUIBANCADA DE GARRAFAS PET

Começa em agosto a construção das arquibancadas de garrafas PET na escola CEM Castro Alves em Palmas, o projeto chamado "ARQUIPET" pretende ainda construir mesas para o jogo de xadrez e tênis de mesa, um vestiário e um deposito para guardar o material esportivo das aulas de educação física. A primeira etapa será a construção das arquibancadas de plástico.



Por volta de 1988 surgiu garrafa descartável feita de polietileno tereftalato, ou PET, como conhecemos um produto leve e barato que passou a substituir as garrafas de vidro. O Brasil produz cerca de 3 bilhões de garrafas PET, 100% reciclável, mas a reciclagem representa cerca de 50%. Isto significa, na prática, que pelo menos 1,5 bilhões desse produto não biodegradável é descartado no meio ambiente por ano, o que significa que algumas centenas de anos para absorção na natureza.

Existem vários projetos PET coleta de reciclagem no Brasil, que são usados ​​tanto para gerar outros produtos, como brinquedos, barcos, móveis, arte e até mesmo como eles são triturados e reprocessados ​​para dar lugar a novas garrafas e outros objetos feitos polietileno. A grande vantagem vai além da preservação óbvia do meio ambiente. A reciclagem de garrafas de polietileno elimina qualquer possibilidade de contaminação. É uma garrafa PET perfeita, como a matéria-prima, pois em muitos casos já está quase pronta.

Como a maioria dos alunos tem de certa forma um conhecimento e uma vivencia com dos problemas ambientais em que o mundo está vivendo, esperamos desta forma através do projeto “ARQUIPET” criar nos alunos o interesse em buscar também com comunidade um novo uso para o lixo produzido pela população, em especial as garrafas PET.


A arquibancada de plástico será construída e utilizada pelos alunos durante as aulas de educação física e nos eventos da escola, pois a quadra é usada constantemente, para: Festa Junina; Semana Santa – TEATRO; Jogos Interclasse; Festival de Dança; etc. Sem ter um lugar para sentar, as pessoas são obrigadas a ficar em pé.

A construção de uma arquibancada de cada lado da quadra vai proporcionar aos alunos e a comunidade um conforto que hoje não temos. A nossa quadra recebeu cobertura em 2010, o que nos deu um alento em relação ao sol, agora precisamos proporcionar um espaço que possa servir para todos os momentos na escola.

Tanto a coleta das garrafas PET, quanto a construção das arquibancadas serão realizadas pelos alunos do CEM Castro Alves, sob a orientação do professor Márcio Ricardo e da coordenadora Rosimari Dunck e da diretora Vera falchione.