terça-feira, 10 de novembro de 2015

Perigo dos Anabolizantes & Drogas e seus efeitos

Os Anabolizantes


Os anabolizantes que são hormônios sintéticos, têm vários efeitos colaterais como arritmias ou infarto e só devem ser tomados quando é realmente necessário como em casos em que é preciso fazer a reposição de hormônios, por exemplo, e sempre com controle médico.

Efeitos colaterais dos anabolizantes:
    Aumento da probabilidade de ter doenças cardíacas como arritmias ou infarto;
    Problemas no funcionamento do fígado;
    Aumento da probabilidade de ter câncer no fígado;
    Aparecimento de paranoia, alucinações ou psicoses;
    Alterações de humor;
    Aumento da agressividade;
    Coágulos no sangue;
    Retenção de líquidos;
    Aumento da pressão arterial;
    Aumenta da acne.

Tipos de Drogas

As drogas podem ser definidas como substâncias naturais ou não, que alteram as funções normais do organismo e do comportamento humano. Também conhecidas como narcóticos ou entorpecentes, causam dependência química em sua maioria, desestabilizam os usuários psicologicamente e podem levar a overdose e até a morte.

Segundo o Centro Brasileiro de Informações sobre as Drogas Psicotrópicas (CEBRID), as drogas podem ser divididas em três grupos: estimulantes, depressoras e alucinógenas.

As drogas estimulantes, também chamadas de anfetaminas possuem efeito estimado de quatro horas, trazem sensação de euforia, força, insônia, e causam dependência. Entre as drogas mais conhecidas deste grupo têm-se a cocaína e o crack.

O álcool, os soníferos, a heroína e a morfina são as drogas depressivas mais conhecidas, elas retardam o funcionamento do organismo, deixando assim o metabolismo mais lento. Estas drogas causam perturbação mental, irritabilidade e geram dependência química em pouco tempo.

Já as drogas alucinógenas provocam delírios, e alucinações, além de dificultar a função mental. As mais conhecidas deste grupo são: maconha haxixe, LSD e ecstasy.